27 de julho de 2010

A Águia e as Galinhas


A Águia e as Galinhas


Um camponês criou uma águia desde filhotinho, junto com suas galinhas.
Tratava-a da mesma maneira que tratava as galinhas, de modo que ela pensava que também era uma galinha.

Dava a mesma comida jogada no chão, a mesma água num bebedouro rente ao solo e fazia-a ciscar para complementar a alimentação, como se fosse uma galinha. 
E a águia passou a se portar como se fosse uma galinha.
Certo dia passou pela casa do camponês um naturalista, que vendo a águia ciscando no chão foi falar com ele:
-Isto não é uma galinha e sim uma águia!

O camponês retrucou:
-Agora ela não é mais uma águia, agora ela é uma galinha!

O naturalista disse:
-Não, uma águia é sempre uma águia, vamos ver uma coisa...

Pegou a águia, suspendeu-a acima da cabeça e falou:
- Vamos águia voe!
Mas a águia caiu pesadamente no chão.

O camponês disse: 
- Viu só? Ela é uma galinha!

No dia seguinte, o naturalista voltou á casa do camponês.
Inconformado, levou a águia para cima da casa e elevou-a nos braços dizendo:
- Voe, você é uma águia, assuma a sua natureza.

A águia contemplou a imensidão do espaço desconhecido e viu lá embaixo as galinhas ciscando e comendo. Ao invés de voa para o alto como esperava o naturalista, foi disputar os grãos jogados no chão junto com as galinhas.

Então o camponês disse:
- Não adianta. Eu não Le falei que ela é uma galinha! O naturalista disse:
 
- Amanhã veremos...
No dia seguinte, logo cedinho, eles subiram até o alto de uma montanha. O naturalista levantou a águia e disse:
 
- Águia, veja esse horizonte, veja o sol lá em cima e os campos verdes lá em baixo, veja todas essas nuvens podem ser suas. Desperte para a sua natureza, E voe como águia que é...

Quando a luz do sol penetrou nos olhos da águia, ela começou a ver tudo aquilo, e foi ficando maravilhada com a beleza das coisas que nunca tinha visto. 
De inicio ficou um pouco confusa sem entender o porque de ter ficado tanto tempo alienada. 
Mas a luz do sol e o espaço infinito fizeram com que ela sentisse seu sangue de águia correr nas veias.
Então, perfilou devagar suas asas e partiu num vôo lindo, até que desapareceu no horizonte azul.
  

Reflexão:

Muitas vezes, as pessoas são tratadas como se fossem galinhas,  porém elas são águias.
Por isso, todos nós podemos voar se quiser-mos .
Voe cada vez mais alto, não se contente com os grãos que jogam pra você ciscar.
Nós somos águias, não temos que agir como galinhas, como querem que sejamos.

Autor desconhecido

Reações:

0 Comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Não estamos só

     

 
z35W7z4v9z8w