19 de junho de 2013

Projeto novo


Cheguei no meu trabalho com grande expectativa, porque o projeto em que eu trabalhava terminou e eu teria que fazer o treinamento de um novo. Minha expectativa era saber qual seria o novo projeto que eu iria trabalhar.
Quando cheguei, um dos supervisores logo veio me dizer:
- Você fará o projeto “TAL”.
Ai meu Deus, que decepção! Na hora que recebi a notícia, fiquei tão brava; Vê se pode...
Tive essa reação porque maioria das pessoas que trabalharam nesse "Tal" projeto; Faziam dele um “monstro”.
E eu, sem ter trabalhado e me baseando nas opiniões dessas pessoas, logo fiz de tudo para não ir, usei até de bons argumentos, mas não adiantou...
Para piorar o supervisor desse projeto também não tinha boa fama; Diziam que ele é agitado, briguento, exigente, e assim vai. 
Mas vejam como são as coisas, eu tive a oportunidade de ter vários tipos de reação, mas escolhi ficar, aflita, chateada, aborrecida, preocupada...
Pouco antes de começar o treinamento, fiz uma oração, pedindo a Deus que fizesse o que fosse melhor para mim, e agradeci por tudo. Imediatamente meu coração se aquietou.
Hoje faz vinte dias que estou trabalhando nesse outro projeto. O supervisor não é bem o que disseram, é educado, competente, e o projeto em si, não é um monstro, simplesmente é preciso muita atenção para realiza-lo. Mas eu particularmente acredito que qualquer coisa que façamos, devemos agir assim.
  • O que eu tiro dessa situação?
Que mais uma vez o medo, me fez pensar e agir precipitadamente, me impedindo de enfrentar o novo, o desconhecido.
Que jamais devo julgar alguém, principalmente sem conhecê-lo;
E nunca mais devo me esquecer que Deus tem sempre o melhor pra mim e que preciso confiar nisso.

Abraços.
Monica Carvalho
FacebookComunidade Orkut 

Reações:

3 Comentários:

  1. Estes tres pensamentos podem resumir essa historia:
    Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar (Shakespeare).

    "Estamos habituados a julgar os outros por nós próprios, e se os absolvemos complacentemente dos nossos defeitos, condenamo-los com severidade por não terem as nossas qualidades." (Honoré Balzac)

    Sem sonhos, a vida não tem brilho.
    Sem metas, os sonhos não têm alicerces.
    Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais. Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. Melhor é errar por tentar do que errar por omitir!

    Augusto Cury

    ResponderExcluir
  2. Oi Monica!!! Amei quando vi sua fotinho me seguindo no meu blog... sou nova nisso hehehe
    não achei aqui um campo para seguir voce.. como faço!?

    PS. Já tinha visitado sua página antes...gostei muito! Parabéns!!!
    beijooooo

    ResponderExcluir

Popular Posts

Não estamos só

     

 
z35W7z4v9z8w