27 de novembro de 2011

Só não erra quem não faz

Só não erra quem não faz.

Há pessoas que têm um medo muito grande de errar.

Esse medo faz com que elas acabem deixando de fazer muitas coisas, de participar, de lutar, de se envolver.

Às vezes, o medo de errar é tão grande que essas pessoas ficam literalmente "travadas" e nem sequer se sentem confortáveis ao emitir uma opinião.

Pessoas assim estão fadadas ao fracasso. O tempo dos "mornos" realmente acabou.

Hoje é preciso decidir, fazer, tentar, participar, descer do muro e assumir posições com coragem, lealdade e confiança. Pessoas que não se envolvem, não participam, nada fazem e, portanto, nunca erram, são hoje avaliadas como medíocres e, hoje, ninguém tem o direito de ser medíocre.

O crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem se fazem muito mais através da análise de nossos erros do que pelo louvor de nossos acertos.

Gostaria de sugerir que você fizesse uma auto-análise de seu comportamento com relação ao medo de errar, de fazer.
Lembre-se: "Só não erra quem não faz, enquanto você não se arriscar por medo de errar, nunca vai sair do lugar!"

Autor: Danilo Fernandes Christófaro.

"É muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfo e glória, mesmo expondo-se à derrota, do que formar fila com os pobres de espírito, que não gozam muito e nem sofrem muito, porque vivem na penumbra cinzenta de não conhecer nem a vitória, nem a derrota." 

(Theodore Roosevelt)

Reações:

2 Comentários:

  1. Mônica querida, nos dias de hoje quem não mete a cara e arrisca não passa de um zero a esquerda, pois nem faz nem tenta fazer, apenas fica numa inércia irritante vendo a vida passar.
    Beijão anjo!!!

    ResponderExcluir

Popular Posts

Não estamos só

     

 
z35W7z4v9z8w